Artigos do Tandrilion

Sempre algo legal para você conhecer!.

Lembranças Gamísticas

Redescobrindo nossa memória gamer!.

WHATAHELL!

Jogos estranhos que você jamais imaginou que existissem.

The Nesbitt Challenge

Está aberta a votação para o próximo game!

sexta-feira, 29 de abril de 2011

O primeiro console a gente nunca esquece! - Tandrilion

consoles-atari

Este post é parte do meme “O primeiro console a gente nunca esquece”. Se você tem um blog e também deseja participar, basta primeiro criar um post sobre o tema, e me avisar aqui nos comentários para que eu coloque um link para o seu post na lista de blogs participantes.

* Extraído do post “Momentos Inesquecíveis parte 1”, com  complementações significativas para a adequação do texto ao propósitos do meme.


O Atari 2600 foi o primeiro console que vi na vida aos 6 anos, não era meu de fato, pertencia ao meu irmão mais velho, apesar disso, usufrui bastante do brinquedinho, talvez até mais do que ele.

Lembro que ao embalar a caixa escondido do aniversariante, meu pai pediu para que eu mentisse, dizendo ser um cobertor ao invés de um videogame. Não era o caríssimo Intellivision que meu brother ansiava para comemorar seu aniversário, mas mesmo assim ele ficou bem feliz ao ver a marca Atari estampada na caixa, entendendo a situação financeira limitada da família. A embalagem também continha dois cartuchos inclusos: PACMAN e Missele Commando.

atari-jogos

Com isso, o aclamado COME-COME foi meu primeiro contato com games eletrônicos caseiros (já conhecia fliperamas). Conseguimos emprestado na mesma noite uma fita de nome Enduro; uma corrida estilo Fórmula 1 que despertou paixão em todos, inclusive nos meus pais. Por incrível que pareça o Atari 2600 foi o único videogame, até o lançamento do Nintendo Wii, que trouxe interesse aos meus pais, as gerações subsequentes começaram a introduzir mecânicas mais complexas, afastando-os dos joysticks.

mae-atari-eu

Minha mãe arriscava alguns jogos de vez em quando, os preferidos dela eram Enduro e River Raid. Obviamente ela não jogava muito bem, mas se divertia bastante (este é o intuito principal dos jogos eletrônicos, não é mesmo?!).

Minha experiência com Adventure foi fantástica, inclusive o game me proporcionou momentos inesquecíveis de união familiar. Este cartucho, juntamente com o Super Mario 64 (anos mais tarde) foram os únicos que minha mãe acompanhava enquanto eu jogava. No caso do game do Atari, ela até parava de fazer as tarefas domésticas pra me assistir. Era legal que ela dava pitacos quando eu estava perdido no labirinto, sugeria aonde poderiam estar as chaves e se assustava e sentia pena quando o dragão me derrotava.

adventure

Apesar dos gráficos simples, eu sempre visualizei um cenário medieval com cavaleiros e dragões nesta fita, pois, além de possuir uma imaginação fértil, as caprichadas artworks na capa davam dicas claras do contexto. Diferente da maioria, eu não acho o visual de Adventure malfeito não, gosto da simplicidade; como bem diz o Cosmonal: “tem um charme minimalista”, com um aspecto parecido a um jogo de tabuleiro. Os castelos são bem legais e a ideia da ponte atravessar paredes foi revolucionária naquela época.

Eta tempinho bom, de troca-troca de cartuchos com amigos e colegas. Da necessidade de assoprar as fitas quando o console não conseguia reconhecê-las. Tenho saudades até do medo que meus responsáveis tinham de que a TV fosse danificada com o uso do console. Sinto falta, inclusive, de ter que compartilhar a TV entre os momentos de jogatina e a novela/jornal.

O Atari 2600 não foi a plataforma que mais gostei, mas certamente representa uma época em que fui muito feliz; de uma vida simples, mas de muitos amigos!

atari-jogos2
Games preferidos do Atari 2600:
  • H.E.R.O.
  • Seaquest
  • Adventure
  • Enduro
  • Berzerk
  • Congo Bongo
  • Moon Patrol
  • Megamania
  • Pitfall
  • X-Man (este minha mãe não sabia que eu tinha)
  • Frosbite
  • River Raid
Siga @Tandrilion no Twitter!

Não deixe de ler também qual foi o primeiro console do nosso outro blogueiro, o Nesbitt!!!

Blogs participantes:
E saiba quais foram os consoles que tiraram a “virgindade” de outros gamers da blogosfera retro!

O primeiro console a gente nunca esquece! - Nesbitt

Este post é parte do meme “O primeiro console a gente nunca esquece”. Se você tem um blog e também deseja participar, basta primeiro criar um post sobre o tema, e me avisar aqui nos comentários para que eu coloque um link para o seu post na lista de blogs participantes.


Meme-1Console
Olá pessoas! Fui convidado pelo André Breder para participar do meme, que de acordo com ele, foi inspirado pelas postagens do Sandro Tandrilion aqui no RNF, e cá estou eu pra contar pra vocês como foi o meu primeiro contato com um videogame! Vamos lá, fio!

Bem, como poderei começar? Em meados de 87, minha família foi pra SP. Meu pai já estava trabalhando por lá há algum tempo, pensava que em SP teria mais oportunidades para criar sua família. Trabalhava na cerâmica Matarazzo junto com meu Tio que também mudou pra SP.

01
Foi no Natal do mesmo ano, que meu irmão mais velho havia pedido um Videogame para meu pai. Apenas sei que na véspera de Natal eu e meus dois irmãos corremos por toda Vila Califórnia nas casas de amigos e conhecidos pedindo cartuchos emprestados, porque sabíamos que nosso pai não iria comprar cartuchos a mais.

Enfim, meus pais sempre foram batalhadores, não é qualquer casal que segura as pontas pra sustentar sete filhos (viu, Breder? Atari não é coisa de rico não! rs). Então eis que na noite da véspera de Natal, o nosso pai aparece com o Atari 2600 da Polyvox.

02
Pegamos a TV P&B e ligamos o Atari. Com tantos cartuchos que pegamos emprestado, nem preciso comentar que jogamos a noite inteira não é mesmo? Aquilo era novidade pra nós. Enduro era muito legal. Adventure, no começo, ninguém entendia porra nenhuma, além dos jogos de esporte. E o melhor de tudo: No dia de Natal, TODOS DA FAMÍLIA, até o Avô, jogando Atari! Quem fazia mais pontos continuava jogando, quem perdia esperava sua vez na próxima rodada.

Pra finalizar, o Atari 2600 foi o primeiro e único videogame que ganhamos dos nossos pais. Depois disso, no final de 89, voltamos para SC. Mais crescido, meu irmão mais velho começa a trabalhar e compra um Top Game da CCE, esse ato nos enraizaria como gamers e através desse meu irmão e de alguns amigos eu teria contato com as próximas gerações de consoles.

03
Curtiu? Tem jogos do Atari aqui pra você ler: Superman, Yar's Revenge e a patifaria do X-man (Não, não é o do Xavier!).

Não deixe de ler também qual foi o primeiro console do nosso outro blogueiro, o Tandrilion!!!


terça-feira, 26 de abril de 2011

Momentos Inesquecíveis (8/9)–Nintendo GameCube

consoles-todos BANNER

Então chegamos ao penúltimo capítulo da série e cada vez mais perto da atualidade. Decepcionado com a mancada da SEGA e impressionado com os vídeos de Super Mario Sunshine na internet, resolvi investir em um Game Cube. Louco, comprei o console pelo Mercado Livre com depósito antecipado. Graças a Deus o pacote chegou são e salvo e com um boné oficial da Nintendo como brinde ainda por cima! :)

gamecube
Game Cube

Abri o pequeno forninho e coloquei nele o mini DVD do Mario Sunshine, confesso que não foi o game do bigodudo que mais me chamou a atenção, porém o título era envolvente e trazia novidades que considero legais: o mascote da BigN agora estava equipado com uma máquina que esguichava água em alta pressão, a fim de despoluir uma ilha tropical. As músicas eram bem atraentes e os gráficos extremamente coloridos.

O segundo jogo comprei pessoalmente no Paraguai. Trazer F-Zero GX para casa demandou dormir em ônibus, passar pela receita federal, suportar o calor de Foz do Iguaçu e o frio de Guarapuava, mas valeu a pena! O jogo era lindo, com sólidos 60 FPS e excelente desafio (leia o review completo dele aqui).

mario-fzero

Mas quando penso prá valer em GameCube, três são os jogos que me vêm à cabeça de imediato: Resident Evil 4, The Legend of Zelda Wind Waker e Paper Mario Thousand-Year Door.

Resident Evil 4 dispensa comentários, um survival horror perfeito com visual magnífico, uma verdadeira obra prima da Capcom. Quem aqui não sentiu o coração pulsar mais forte quando o carinha da serra elétrica aparecia? Quem não sentiu náuseas ao se deparar com aquele bicho espinhoso que se arrasta como quem não quer nada e subitamente salta na direção do jogador?

re4

A análise do The Legend of Zelda Wind Waker já fala por si, contudo, nunca é demais exaltar esta belezoca da Nintendo. Os gráficos cel shading caíram como uma luva na proposta da aventura, a imponência dos chefes e os intrincados puzzles completavam o espetáculo. Foi o game que me apresentou à série; uma parada obrigatória para os fãs de adventure!

E o que falar de Paper Mario Thousand-Year Door, além do que foi dito em nosso review aqui no blog? Um RPG que foi conhecido por mim através de uma locação despretensiosa, que me cativou aos poucos, fazendo-me locá-lo novamente por diversas vezes, até que chegou o momento em que o adquiri em definitivo. Foi um dos poucos games que me prendeu ao ponto de completá-lo 100%.

WW-PM2

Ah, saudoso GameCube, que ainda vive dentro do meu Wii, o primeiro console que comprei com o meu próprio dinheiro. Eu matava aula prá jogar Game Cube e ainda tinha a pachorra de mentir prá todo mundo que a faculdade estava em recesso!

Características Marcantes da época: jogar Wind Waker e Resident Evil 4 finais de semana inteiros. Matar aulas da faculdade para jogar. Recobrar minha admiração pela Nintendo. Ser iniciado nos gêneros adventure e RPG. Voltar a freqüentar locadoras após muitos anos.

Games preferidos da plataforma:

Não deixe de conferir os outros capítulos da śerie Momentos Inesquecíveis!
Atari;


Siga @Tandrilion no Twitter!!

domingo, 24 de abril de 2011

Welcome to the Jungle - Metal Slug [Arcade]

Welcome to the Jungle-Missão-04

Olá, amiguinhos!

E aqui vamos nós para a Missão 04 do Metal Slug aqui no RNF do The Nesbitt Challenge!

Na quarta Missão avance sempre com cautela e novamente para evitar maiores dores de cabeça, o melhor é chegar no boss com o Metal Slug!

Até a próxima parte!

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Art of Fighting com uma ficha!

only one coin

Olá! Gostaria de compartilhar um video que fiz (em duas partes) onde termino Art of Fighting do NEOGEO com apenas uma ficha no level 4. Quem conhece o jogo sabe que o negócio é casca grossa! Não sou nenhum expert; não espere vários perfects e nem combos especiais, mas acho que os desafios ficaram suficientemente emocionantes. Foi divertido retomar este game (eu estava enferrujado) e treinar nesta última semana até recuperar parte da técnica que eu tinha, o que bastou para cumprir a missão “only one coin”.

domingo, 17 de abril de 2011

Welcome to the Jungle - Metal Slug [Arcade]

Welcome to the Jungle-Missão-03

Olá, amiguinhos!

E aqui vamos nós para a Missão 03 e consequentemente terceira parte do The Nesbitt Challenge!

A terceira Missão não tem muito segredo, na verdade o que vale aqui é ter muita atenção durante os pulos, ir com calma e decorar as aparições dos inimigos é de suma importância nesta parte. Novamente é bom você chegar com o Metal Slug no boss para evitar dores de cabeça!

Até a próxima parte!

 

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Momentos Inesquecíveis (7/9)–Dreamcast


consoles-todos BANNER

Depois que os controles do meu NEOGEO pararam de funcionar, resolvi dar um tempo com minha vida NERD e comecei a me preocupar com outras coisas. Foi uma época em que me apeguei primeiramente à espiritualidade um tanto quanto dogmática, mas que evoluiu para uma forma mais crítica após um ano e meio de teologia protestante. Realmente foi um estágio diferente, mas necessário na minha vida, pois me deu fundamentos, como conceitos éticos e sentimentais, que despertaram em mim o bem ao próximo. Neste ínterim, sem jogos eletrônicos, também percebi a importância de se ter uma companheira, dedicando a maior parte do meu tempo a procura de uma garota interessante (até que consegui! :D).
Assim, fiquei alheio a uma geração inteira, com a Sony debutando bem no mercado e a Nintendo lutando sozinha contra tudo e todos com seu N64.

Dreamcast

Mas o jogador dentro de mim estava apenas hibernando, uma hora ele teria que acordar e obviamente algum fato marcante fez este papel. Certo dia, em meados de 2001, meu irmão trouxe para casa um console novo da SEGA, chamado Dreamcast. O primeiro jogo que ele fez rodar, naquela TV 29 polegadas linda do meu pai, se chamava Capcom Vs SNK. Como fã da SNK nem preciso dizer o quanto eu me apaixonei por aquele game; gráficos nunca sonhados, com revoluções de imagens alucinantes e efeitos sonoros animalescos! Em seguida foi colocado a mídia Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes que me fez enxugar lágrimas de emoção.

snk-marvel-capcom

Outros jogos da plataforma também me encantavam, a exemplo de Virtua Tennis 2, com jogabilidade bastante precisa e com a opção "modalidade feminina", que proporcionava um verdadeiro show das beldades. Também comprei as duas versões de Sonic, sendo que somente a segunda me cativou, principalmente após presenciar aquela cena em que é preciso fugir de um caminhão desgovernado.
Era a SEGA fazendo o adormecido Tandrilion despertar!

sonicAdv2

Mas infelizmente nem tudo foram flores no Dreamcast, pois o console sobreviveu pouco na indústria (aproximadamente 3 anos), frustrando-me expectativas que tinha com possíveis sequência de franquias famosas da SEGA. Aquele sonho de ainda ver um Sonic em 3D, por exemplo, com a qualidade de Super Mario 64, tornara-se impossível. O anúncio do fechar portas me fez pensar em outros rumos, mas esta história fica para o próximo capítulo!

Características marcantes da época: Animação bastante fluída. Os polígonos começavam a ficar mais polidos, dando mostras de grandes avanços tecnológicos. Os grandes games versus battle lançados ou portados com maestria. Lamentar a saída da SEGA do mercado de hardware (a empresa nunca mais seria a mesma depois deste episódio). Assistir meu irmão jogar Virtua Tennis e Resident Evil Code: Veronica. O fim do Sonic barrigudinho.

Games Preferidos da plataforma:
  • Virtua Tennis 2;
  • Sonic Adventure 2;
  • Capcom Vs SNK Millennium Fight 2000;
  • Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes;
  • The House of The Dead 2;
  • Resident Evil Code: Veronica.
houseofdead-tennis



Não deixe de conferir os outros capítulos da śerie Momentos Inesquecíveis!
Atari;

Siga @Tandrilion no Twitter!


sábado, 9 de abril de 2011

Welcome to the Jungle - Metal Slug [Arcade]

Welcome to the Jungle-Missão-02
Olá, amiguinhos! Eis a segunda parte do The Nesbitt Challenge do jogo Metal Slug. Estamos na Missão 02, aqui não há muito mistério nem segredos, seguimos tranquilamente detonando todos pela frente.
A única parte mais trabalhosa, com certeza, é na parte do Boss. Por isso, aconselho você a chegar lá com o Metal Slug. Até a próxima parte!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Rapidinhas do Nesbitt: Tiger Heli [NES]

Rapidinhas do Nesbitt2Desenvolvido pela Toaplan e lançado pela Acclaim em 1986 para NES, Tiger Heli, um port do original para arcade de 1985 embarca no seu nintendinho para destruir tudo que estiver na tela. Tiger Heli eu já tenho um carinho especial pela criança porque foi o jogo que veio junto com o Top Game (um clone do NES da CCE) que meu irmão comprou na época.


Tiger-Heli (U) [!]_001Tiger Heli é o nome de seu helicóptero, e o seu objetivo é derrotar o país de Cantun, dominado por terroristas com uma grande fome de poder, além disso, poder bélico para tomar o mundo inteiro.


Tiger-Heli (J) [!]_004Detone tanques, navios, porta-aviões e trens enquanto sobrevoa a impenetrável base militar. Você dispara em caixas para pegar power-ups. Se você disparar na caixa quando é verde você ganha uma bomba, já disparando quando é vermelho você recebe um mini-helicóptero que se une ao Tiger Heli e dispara tiros pelas laterais, já o mini-helicóptero branco acompanha os tiros normais.


Tiger Heli é um daqueles joguinhos sem fim (Tiger-Heli (J) [!]_002de acordo com o Sabat, do retroplayers), mas que é bastante divertido, a pena do jogo é o seu multiplayer tosco, um player de cada vez (alguém sabe dizer se a versão arcade o multiplayer é assim também?). Fora isso, Tiger Heli garante bons momentos , não é o melhor shooter do NES, mas mesmo sendo um dos primeiros consegue ser muito divertido.


Curiosidade:
Tiger Heli
é o primeiro Shooter a usar uma 'Mega Bomba'.

tigerheli_NES

terça-feira, 5 de abril de 2011

Welcome to the Jungle - Metal Slug [Arcade]

Welcome to the Jungle-Missão-01
The Nesbitt Challenge é uma nova série aqui no RetroNewsForever. O Nesbitt aqui irá desbravar alguns jogos da sua infância e também alguns jogos da época que não joguei. Aqui nesta série serão postados os vídeos relacionados ao jogo. Lembrando que a cada fase eu utilizo um save state porque não tenho tempo pra ficar jogando novamente desde o início. Será que Nesbitt conseguirá zerar Metal Slug com apenas 1 crédito?
Acompanhe Nesbitt nesta árdua tarefa!

Momentos Inesquecíveis (6/9) – 3DO e NEOGEO


Como disse no capítulo anterior, hipnotizado pela nova tecnologia, me desfiz do meu SNES e adquiri um 3DO, da Panasonic; empresa que se aventurava no mercado do divertimento eletrônico e que em pouco tempo seria esculachada pela concorrência.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Desafio do Demonho

Desafio do Demonho